domingo, 31 de agosto de 2014

Níveis de linguagem

Níveis da língua

A língua por ser considerada viva é perfeitamente natural apresentar variantes e  escalas que são conhecidas como: níveis da língua. Esses níveis estão associados à varias línguas de variação que formam essas vertentes.
Essas variações são inerentes ao espaço geográfico, ao grupo sóciocultural e profissional dentro do tempo x espaço ao qual se encontram esses grupos. Dentre os gêneros pode-se destacar quanto ao ser feminino ou masculino, jovem ou criança, cultura, crença, surgindo então os regionalismos (características culturais e linguísticas próprias de uma região) . Novas variações vão aparecendo à medida que esses grupos vão se comunicando, sejam eles: professores, pescadores, artesãos ou estudantes.Entretanto as gírias de grupos fora da lei e palavras de calão não podem ser inseridos nessa contextualização porque não são  encontrados ou adaptados aos léxicos linguísticos.
Os níveis linguísticos conhecidos são: corrente que permitem o entendimento geral entre os vários falantes de uma comunidade; familiar que é  utilizado no quotidiano e em situações comunicativas informal; cuidado/culto define-se pelo rigor das construções frásicas e por uma escolha cuidada do léxico. É utilizado em conferências, prefácios e em textos de carácter mais formal.
Entretanto o falante pode optar pela liberdade de escolha o nível que assim desejar segundo seu discurso ou situação comunicativa ao qual se encontra.Dentro desse âmbito pode-se falar em vários níveis dentro de um mesmo discurso,e  o falante tem à sua disposição infinitas combinações linguísticas.